quarta-feira, 29 de julho de 2009

Actualizações de nóis 3

Do fim de semana
foi atarefado, um non-stop para conseguir conciliar tudo, mas a verdade é que começando logo no dia anterior as coisas resultam. Depois, acaba o fim-de-semana e a precisarmos de um dia para recuperar as forças.
Na manhã de sábado, uma mistura de limpezas, compras, já que a roupa tinha sido passada na sexta à noite, ficando a outra a secar durante o dia seguinte. Arrumar as compras, preparar o almoço dos três, deixar tudo impecável para a visita de uma interessada na casa enquanto o filhote dormia a sexta. Interessada, sim, mas tentou que baixássemos o valor só que tal não é possível porque o montante a pedir ao Banco não pode ultrapassar os €55.000,00 ou corremos o risco de andarmos a pão e água durante o mês. Depois, foi preparar tudo para o jantar com os nossos amigos que foi espectacular. A filha, com 19 anos, está o máximo (e só de pensar que já a conheço desde os 4 anitos…ai!). Tinha mesmo muitas e muitas saudades de estar com eles, e ver, o nosso filhote sentado à mesa connosco, a comer e bem comportado, bem…orgulho de mãe, mesmo!
Ajudaram-me a arrumar a cozinha e fomos tomar um café à rua. O Pedro ganhou uma bola do tio e era vê-los na rua em frente à nossa casa a jogar à bola. Pena que tivessem de ir embora cedo para Mafra, mas ficou agora combinado um almoço-lanche-jantar em casa deles!
O Domingo é o mesmo: de manhã, adiantar refeições da semana, passar a ferro, preparar o almoço e namorar um bocadinho enquando o Pedro faz a sesta. Depois, ainda fomos até Alverca, mais um passeiozinho e o regresso a casa para dar banho ao miúdo, jantarmos e pouco mais que está a cair a noite.
Agora, era ou não era preciso um fim-de-semana de 3 dias, hein?
Do filho

Quer ir à praia. Uma noite destas, fez uma tal birra que, apesar de não serem novidade, quem é que o convencia que os meninos pequeninos e pais não vão à praia à noite? Irra!

Agora deixou de gaguejar, mas inspira profundamente antes de começar a falar. Ó céus! O que virá a seguir?
Os meus pais regressaram do Alentejo pelo que no fim-de-semana que vem aí, o miúdo vai de férias dos pais para casa dos avós.

Não larga a chucha em casa. Comprámos dois pares diferentes para mudar porque a que usa está gasta, mas quem é que convence o miúdo a mudar de rolha? São giras, novas, coloridas, mas não o convencemos e enganá-lo está fora de questão. Das duas uma, ou pega numa das novas ou quando esta definhar de vez, acabou-se a chucha.

Da empresa

Sorrateiramente, como quem não quer a coisa, um papel aqui, um procedimento ali, um dossier que se inicia e temos mais uma empresa constituída. Que sendo um ginásio de fitness e spa, não tem aqui a sede, mas ainda estou na dúvida se não irá sobrar para mim, uma vez que o toc será o mesmo de uma das empresas daqui. Ou seja, vamos em 4. Penso que o meu patrão deve querer que eu entre no guiness como a funcionária que mais empresas dá conta administrativamente e o diabo a sete!

Comentário do meu colega sobre as nossas condições de trabalho salariais: …é uma vergonha!”. E está tudo dito.

As férias


E para concluir as histórias destes últimos dias, estamos em contagem decrescente para as férias que vão começar a 15 Agosto. Aleluia!
Uns dias em Coimbra vão fazer maravilhas…espero!

1 comentário:

mother_24 disse...

Oh pariga tu pára de fazer testamentos que me segas a vista LOL

Bom esa do FDS ter 3 dias concordo... aliás eu sou da opinião é que deveriam dar a sexta ás mães para podermos pôr a casa em dia e não perder tempo util com os filhos e marido!

Já o trabalho, n começem a pedir aumento não :p

já cá faziam falta as férias tb entro a 15 de agosto... nunca mais chegam pfff

jocas